quarta-feira, 22 de março de 2017

UM TEATRO TRAGICÔMICO

Dois Revoltados, Um Parvo, Um Sábio e um Burro Falante

Revoltado: São todos uns vermes! Idiotas!

Revoltado 2: O que aconteceu, colega?

Revoltado :Você não acredita! Estava lendo sobre a história de um homem e uma mulher que diziam levar uma vida feliz, diziam que achavam satisfação para coisas além do dinheiro!

Revoltado 2: Haha, que piada.

Revoltado: Comunistas idiotas, isso sim! Debocham da família, da religião cristã, não passam de parasitas esquerdistas imundos.

Parvo: Comunismo? Comunismo???? A América é o maior país de todos!

Burro: Existe um país chamado América? Pensei que fosse um continente, melhor dizendo três continentes…

Parvo: (…)

Sábio: Essa cultura da satisfação hoje em dia, nada mais é do que um cliché que mostra quão irracionais estão as nossas crenças. Idiotas que são basicamente guiados pela mensagem de Hollywood, e…

Parvo: Hollywood? Hollywood??? Hollywood! A América é o maior país de todos!

Sábio: Como ia dizendo, essa cultura plastificada vinda de Hollywood transforma o populacho em zumbis. Emoção, ora o que isso significa? Nada! O que importa é a nossa racionalidade, nossos modelos baseados em métodos estatísticos de fazer escolhas para tudo na vida, e…

Burro: Ó Grande Sábio, você escolheu a sua mulher usando métodos estatísticos pesando os prós e contras?

Sábio: Primeiramente, você é um burro, como ousa me interromper? Em segundo lugar, eu não tenho mulher, pois os algoritmos colocados na modelagem para a escolha de uma mulher levaram-me a…

Burro: Ah, Entendi. E Parvo você parece aquela história de “quatro é bom dois é ruim”.

Parvo: O quê?

Burro: Orwell.

Parvo: Hã?

Burro: Deixa para lá.


O Homem é avistado


Revoltado: Que audácia! Olhe o sujeito de quem eu estava falando!

Revoltado 2: Idiota, olha só para ele, dá para ver que é um arrematado imbecil!

Burro: Esses adjetivos proferidos a um homem que nem conhecem são condizentes com os ideais cristãos de respeito ao próximo?

Revoltados em coro: Cale a Boca Burro!!

Sábio: Burro, seu animal insolente. Como pode trazer o cristianismo para essa discussão? Você não sabe que…

Burro: Apenas quis saber se a ofensa gratuita faz parte dos ideais cristãos já que há poucos minutos eles disseram que o Homem que disse que havia satisfação para além do dinheiro era contra os valores cristãos.

Sábio: Seu Burro! Pare de me interromper! O Cristianismo é baseado no cálculo de variáveis complexas, fazendo assim a construção de um código moral complexo onde as emoções tem um lugar secundário porque…

Burro: Não é atribuído ao Messias a ideia de que devemos Amar, ou menos tentar, Amar o próximo? O Amor não é uma emoção?

Sábio: Que Heresia!

Revoltado: Quanta bobagem! Além do mais, aquele sujeito é um comunista imundo, ateu portanto!

Parvo: Comunismo? Comunismo??? Comunismo! A América é o melhor país do mundo!

Burro: Ah, não.



O Homem entra no Recinto:


Revoltado: Seu idiota, esquerdista, comunista, maoísta!!!

Homem: Você me conhece? 

Revoltado2: Cínico!

Homem: O quê?

Revoltado: Dizer que pode haver mais satisfação na vida para além do dinheiro! Uma idiotia dita por um arrematado idiota!

Homem: Hum. Pense nos três momentos mais felizes da sua vida, algum deles envolveu dinheiro ou melhor dizendo muito dinheiro?

Revoltado: Não desvie de assunto! Conheço bem essas artimanhas sofistas!

Homem: Você sabe o que é um sofisma e quem eram os sofistas?

Revoltado: Não desvie de assunto!

Revoltado2: Você não tem vergonha de se posicionar contra a família, contra os valores cristãos, contra o capitalismo?

Homem: E quando eu fiz isso? Ei, você. É você que se diz sábio e defensor da razão, pode me dizer sobre o que esses senhores estão dizendo de uma forma clara, objetiva e racional?

Sábio: Os modelos estatísticos de regressão num sistema complexo fazem com que as variáveis sejam classificadas como intangíveis e…

Homem: Você poderia responder objetivamente ao meu questionamento?

Revoltado2: É um mal-educado mesmo! Além de esquerdista não respeita a opinião dos outros. 

Homem: Como?

Revoltado: É isso que ouviu!

Homem: Fiz algum mal a vocês?

Revoltado: Isso não vem ao caso. É por causa de pessoas como você que a sociedade é dividida entre parasitas e homens virtuosos.

Homem: Deixa eu adivinhar, vocês fazem parte do grupo dos homens virtuosos?

Revoltado2: É claro que sim!

Homem: Posso saber o motivo?

Sábio: Nós defendemos os valores familiares, cristãos e do capitalismo!

Homem: Posso saber por qual motivo vocês ficam repetindo capitalismo, comunismo a esmo?

(…)

Homem: Há algum grande pensador da história da humanidade que disse que a finalidade última de uma boa vida era o dinheiro em si?

Revoltado2: Sofista!

Homem: A afirmação de que há satisfação para além do dinheiro, de alguma maneira aquiesce ou vilipendia com algum sistema econômico como socialismo ou capitalismo?

(…)

Homem: Desde quando a ofensa gratuita pode ser associada com a defesa de valores familiares e cristãos? Não foi Cristo que passou a ideia de que deveríamos respeitar aos próximos, na célebre passagem da história de Madalena?

Burro: Eu já perguntei isso.

Revoltado, Revoltado2 e Sábio em coro: Que heresia!  Além do mais você é um comunista, ateu portanto. Como ousa falar sobre religião?

Parvo: Comunismo? Comunismo??? Comunismo! A América é o maior país do mundo!

Homem: ?


Burro: Here we go again…


Homem: Por incrível que pareça, num mundo de parvos, revoltados e sábios de araque, o fato de um burro falar não é o que mais me chama atenção.

28 comentários:

  1. Show de bola o conto. Muito engraçado.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkk.
    Pensei que o burro era um homem burro.
    Boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que tenha ficado na dúvida:P
      Abs!

      Excluir
  3. Hahahaha
    O parvo me lembra um comentarista por aqui ... mas eh coincidência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega, todos os personagens são ficcionais.
      Abs

      Excluir
  4. Cara, você tem problemas com a direita, só pode...

    Você tenta se apresentar como isentão, mas quase todos os posts seus são destinados a falar mal da direita. Esse post foi pura birra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, geralmente os meus problemas reais na vida são com o lado esquerdo. Principalmente o joelho e o tornozelo esquerdos.
      Post? Não, foi um ato de uma peça. Gostou? Ah, e os personagens são ficcionais, mas nada impede que cada um possa se colocar no lugar deles, se assim o desejar.
      Abs

      Excluir
  5. esse burro aí ta muito esperto pro meu gosto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se há um personagem que gosto é o Burro...
      Abs

      Excluir
  6. Acompanho seu blog e gosto de ler suas opiniões...
    Mas não pose de isentão, pois qualquer pessoa que leia seu blog com regularidade percebe seu alinhamento com pensamentos esquerdistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, você descobriu o grande segredo.
      Não conte para mais ninguém, por gentileza:)
      Abs

      Excluir
    2. Defender pautas humanitárias agora virou pensamento esquerdista.

      Essa dualidade mata de raiva...

      Excluir
  7. Colega,
    Para demonstrar sua isenção de pensamento, favor montar o mesmo texto, só que agora ao contrário.
    Por exemplo:
    Parvo: Empresário Explorador? Empresário Explorador??? Empresário Explorador! Cuba é o país mais humano do mundo!

    ResponderExcluir
  8. "Sábio: [...]
    Homem: Você poderia responder objetivamente ao meu questionamento?"

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Colega, acho q reconheci um surfista como um "sábio de araque". Mas foi só minha imaginação, já que todos os personagem são ficcionais.

    Abs


    ResponderExcluir
  9. Judeu feliz em 194023 de março de 2017 12:12

    Cara, vc usa drogas?

    Você é a favor de políticas públicas que beneficiem a humanidade?

    Você tem uma máquina de fabricar dinheiro ou comida ou bem estar mental?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante!
      Quem é o autor do texto dá peça?
      Abraço!

      Excluir
    2. Judeu feliz em 1940,
      Sua capacidade de formular perguntas é tão ruim quanto seu username.

      Excluir
    3. Ao Anônimo23 de março de 2017 14:38

      É impressionante como muitas pessoas levam tudo para o lado pessoal, não acha? Aprenda a abstrair o pensamento pois seu umbigo não é o centro do universo. Quem é que pode afirmar que não existia um judeu feliz em 1940? Defina o que é felicidade! Ou então, faça como esses desocupados que escrevem asneiras teatrais sem sentido em blogs da internet.

      Excluir
    4. Judeu feliz em 1940? Stalin Prometeus? O anônimos estão ficando criativos em criar logins! Caramba! Muito bacana:)
      Abraços!

      Excluir
  10. Burro falante?
    Monteiro Lobato?
    Coronel Teodorico?
    Shrek?

    AH, esses comunistas que não conhecem as comunas.
    AH, esses sofistas que não conhecem a retórica.
    AH, esses virtuosos que não conhecem kant.
    AH, essa América que não conhece a liberdade.

    Pena que na atual sociedade poucos tenham a habilidade de Alexandre para desatar o nó Górdio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi nada do que ele escreveu.

      Excluir
    2. Foi uma mensagem misteriosa in deed.
      Talvez, nosso amigo esteja relatando o seu sentimento de pessoas que desconhecem, propositadamente ou não, fatos ou argumentos que possa colidir com a sua forma de ver a vida.
      Talvez o próximo conto do outro artigo, lide de certa forma com essa questão.
      No final, ele reclama que não tenhamos poucas pessoas como Alexandre. Porém, eu creio que sempre em qualquer período histórico terão poucas pessoas como Alexandre, não é sempre que se tromba com um conquistador Imperador por aí.

      Abs!

      Excluir