quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

ALOHA!

Olá a todos!

Mais um blog sobre finanças. Espero tratar aqui de temas importantes para a maioria de nós que procura de alguma forma melhorar o entendimento sobre o mundo confuso, arriscado e às vezes complexo das finanças. Desde já aviso que apesar de querer escrever sobre finanças, eu gosto de divagar sobre assuntos que aparentemente não possuem relação direta com o tema.

Não sou profissional do mercado, sou apenas uma pessoa que resolveu dedicar uma parte do tempo ao estudo de finanças para poder investir o patrimônio da melhor forma possível. Há muitos blogs interessantes de finanças na internet. Alguns deles foram e são fundamentais para a minha contínua melhora como investidor. Espero poder trazer talvez uma visão diferente sobre alguns assuntos. Se eu puder contribuir para que alguém veja um tema sobre outra perspectiva, ficarei satisfeito. Tenho  certeza também que muitos comentários irão fazer eu refletir, o que é ótimo, pois eu realmente acredito que pontos de vistas divergentes, desde que fundamentados, fazem-nos evoluir de maneira acentuada. O meu pai me disse uma vez quando eu tinha oito anos “Filho, um livro que você ler e concordar com tudo não te servirá para muita coisa. Um livro que você discorde do começo ao fim fará ao menos você refletir sobre as suas próprias crenças”. Hoje vejo que meu pai está coberto de razão.

Quem eu sou? Essa é uma pergunta complexa e me faz lembrar uma palestra de um mestre budista com o título “A verdade sobre a natureza humana” que eu vi uma vez. Entretanto, vamos nos ater ao que comumente as pessoas pensam quando essa pergunta é feita.  Estou adentrando minha quarta década de vida. Possuo como objetivo principal financeiro a liberdade financeira. Não sei se exatamente é para não trabalhar mais, mas talvez trabalhar em algo que me dê gosto, paixão. Cada vez mais fica claro para mim que o que dá cor a nossa vida é a paixão, seja pela sua mulher, seja pelo seu time de futebol, seja por alguma causa social, seja pelo seu trabalho. Infelizmente, e eu não sou exceção, o trabalho hoje em dia está mais para fonte de frustração do que de inspiração. Sim, é difícil às vezes sair dessa rotina, mas creio que é possível, e de diversas maneiras. No excelente livro “Positivamente Irracional” o autor Dan Ariely descreve inúmeras experiências onde fica demonstrado o quão importante é a motivação e a significação do trabalho para as pessoas. O sentido monetário é importantíssimo, mas quando ele é despido de significado (afinal, para que o meu trabalho serve) é uma fonte muito grande de insatisfação e infelicidade. Portanto, o meu objetivo é de alguma forma me ver livre disso, e poder ter uma vida mais plena e realizada.

Do que eu gosto? Eu gosto de viajar, bastante. Já tive a oportunidade e a sorte de conhecer dezenas de países, muito deles muito mais pobres do que o Brasil. Nessas viagens amadureci bastante, e o sentido de conviver com as diferenças foi ficando cada vez mais claro para mim, pois o gênero humano é diverso, as culturas podem ser muito diferentes, bem como a forma como as pessoas encaram a vida. Vá à Índia e diga que você tem 30 anos, um emprego estável, mas não tem filhos. As pessoas simplesmente não entendem, pois para boa parte delas filhos aos 30 anos é algo quase que essencial na vida de um homem.  Eu também gosto muito de surfar, daí o meu apelido “soulsurfer”. Não sou um exímio surfista, mas é algo que me deixa extremamente feliz.  Gosto também de tentar ter relações humanas saudáveis. Acredito que boa parte da nossa infelicidade atual é causada pelo fato de brigarmos demais, discutirmos demais (não no sentido positivo de contrapor idéias diferentes com argumentos),  nos entendermos de menos e achar que os outros são apenas estranhos. Eu não gosto dessa palavra, e uma das minhas experiências mais fortes na vida foi quando estive no museu dedicado a Franz Kafka em Praga, e observei a transmutação de pessoas para uma imagem num campo de concentração nazista e a palavra estranho aparecia em vários lugares. Era uma animação sobre o livro "O Castelo". Quem não conhece o escritor, que para mim é um dos mais brilhantes que a humanidade já teve, fica a dica. É tão importante estar sempre certo? É tão importante sempre querer achar uma falha em alguém? Não, não é. Eu cometo muito esse erro, e uma das coisas que tento melhorar a cada dia é tentar controlar o ego, que pode ser muito expansivo e sensível quando se trata de idéias intelectuais. No livro “A Cabala da Inveja”, há um ditado ídiche muito verdadeiro de que todo homem nunca está satisfeito com o seu corpo, mas sempre está satisfeito com seu cérebro. Somos magros ou gordos demais, fracos, orelhas pequenas ou grandes demais,  mas nunca questionamos nosso intelecto, e ai de quem possuir um ponto de vista diferente do meu. Claramente, esse não é o caminho para uma vida equilibrada. Sabe as diferenças que eu apontei logo no começo do parágrafo sobre as pessoas no mundo? Uma coisa também que percebi é quão iguais os seres humanos são nos seus desejos mais sinceros. Todos querem ser bem tratados, todos querem que os seus filhos tenham uma boa vida, todos preferem sorrir a chorar, e todos possuem uma grande vontade de viver a vida. Portanto, aquela mulher de 70 anos de idade sentada ao seu lado  no metrô da Sé não é tão diferente de você rapaz recém-formado pronto para trabalhar numa grande firma na avenida paulista.

É isso amigos. Peço paciência, pois meus conhecimentos de informática são parcos, e não sei se a qualidade gráfica desse blog será das melhores, mas quem sabe ao longo do tempo eu não vou aprendendo como inserir aquelas tabelas bonitas que muitos blogueiros inserem? Espero que sim.

Devo tratar de fundos de investimentos imobiliários no meu próximo post. Espero que gostem.


               Um grande abraço a todos!

37 comentários:

  1. Seja bem vindo surfista. Tem certeza que acrescentará muito à comunidade.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Uorren!
      Você e o guardião foram que me motivaram a tentar escrever um blog, por isso agradeço a presença de vocês.
      Obrigado!

      Excluir
    2. Como disse uma vez, vc parece ser uma pessoa diferenciada, um brasileiro atípico. Tem tudo para incentivar e contribuir. Só não dê importância aos Trolls, trem muita gente invejosa por aqui. Muita gente desanima com blog.

      Excluir
  2. Vim dar minhas cordiais saudações!!! Bem vindo!!!
    Ansioso para ler seus posts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Guardião!
      Gosto do seus posts, e da educação que você sempre transmite nos seus comentários.
      Abraço!

      Excluir
  3. Legal cara, aparece mais no meu blog! E tou te add na blogroll la. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Só uma coisa : terceira decada de vida é algo entre 20 e 30 anos... É isso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, você tem razão, quarta década de vida, estou ficando velho:)

      Excluir
  5. Nobre Surfista,

    Sê mui bem vindo ao Reino d'El Rei Troll. Vossa Majestade te recepciona de braços abertos. Beije meu dedo (beijar o anel pega mal).

    Tenho certeza que seu blog será uma excelente compilação de textos preciosos, repletos de reflexões e divagações interessantes, mas que quase todos os visitantes, infelizmente, terão preguiça de ler. Uma dica: redija textos módicos, com parágrafos curtos, fontes maiores e umas duas ou três figuras. Veja como os posts do honorável Victor Fox são fluidos e divertidos.

    Para selar a aliança que se inicia, deixo-lhe uma singela homenagem de uma trollzete:

    http://images.redetv.com.br/siteredetv/grupos/programas/redetvientretenimento/noticias/images/grandes/543105.jpg

    Amplexos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Troll! Obrigado pelas dicas, vou tentar segui-las, mas como disse eu às vezes gosto de divagar um pouco. Sobre as figuras vou ter que aprender como colocá-las.
      Abraço!

      Excluir
  6. Surfista
    Maneiro que vc aceitou o desafio de ter um blog. To te seguindo. Já te add no meu blogroll.

    traderlusitano.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, traderlusitano!
      Espero poder contribuir com alguma coisa.
      Abraço!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Valeu, DiMarcinho!
      Você é um dos caras que eu gosto de ler. Seu Blog possui muitas coisas interessantes mesmo.
      Abraço!

      Excluir
  8. Grande Surfer,

    Veja bem vindo a nosso humilde mundo.
    Como diria a Ostra, sinta-se a vontade, tem cerveja na geladeira. :)

    PS: Dica de amigo... tira o captcha :)

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Estagiário! Não sou muito de beber não, a não ser uma Blue Moon bem gelada! (que cerveja gostosa!)

      O que é captcha?
      Abraço!

      Excluir
    2. captcha são esses números que aparecem pra gente para poder confirmar o comentário (é um mecanismo anti-spam)

      Pra remover vá em Configurações > Postagens e Comentários > Mostrar verificação de palavras > marque a opção "Não"

      Nesta mesma parte você pode liberar a postagem de anônimos e fazer ou não moderação. Minha dica: libere, se ficar muita bagunça coloque moderação, assim o comentário só entra depois de aprovado, daí dá pra limpar os trolls. Normalmente eles somem com o tempo com essas ferramentas, caso eles resolvam pipocar por aqui.....

      []s!

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Soulsurfer,

    Muito interessante seus pensamentos... o livro o castelo ja esta na fila de leitura.

    Grande abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, colega!
      Sim, é muito bom. Presumo que já tenha lido "O Processo". Eu já li duas vezes, e para mim é uma obra-prima da humanidade. Em várias situações da minha vida, pelo absurdo da coisa, eu sempre me sinto em alguma cena de "O Processo".

      Abraço!

      Excluir
  11. Soulsurfer, gosto muitos dos seus sábios comentários nos blogs diversos. Tenho certeza que as postagens serão recheadas de ensinamentos.
    Seja Bem-Vindo à blogosfera.

    Abraços,

    Blog Economicamente Incorreto
    http://economicamenteincorreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio, colega!
      Gostei muito daquela palestra do TED que você postou.
      Ainda vamos falar um pouco mais sobre valuation aqui hein! heheh
      Abraço!

      Excluir
  12. Respostas
    1. Grato, colega!
      Tenho um livro do Dostoievski chamado " O Idiota" que eu gosto bastante.
      Alguma relação?

      Abraço!

      Excluir
  13. Muito interessante! Tenho certeza que os seus textos iram enriquecer minha formação!

    Já está no meu blogroll! :D

    http://investidoruniversitario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rafael!
      Espero que goste das minhas reflexões, e que de alguma forma elas possam te ajudar.
      Abraço!

      Excluir
  14. Nobre colega, vim parabenizá-lo pelo seu excelente blog. Obrigado pelas dicas de leitura e as outras muito úteis considerações.
    Grande Abraço.
    Ass: Colega de Brasília.

    ResponderExcluir
  15. Bo, Dia Colega....
    Conheci hoje seu blog, acredito ser muito bom, e obrigado pelas dicas de leitura.. e acho muito bom essa dua idéia de compartilhar experiência não só financeiras mais de vida !!!
    Com certeza estarei toda a semana passando aqui

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, amigo!
      Já escrevi bastante coisa, espero que aproveite.

      Abraço!

      Excluir
  16. Soul, bom dia!

    Um dia vc me perguntou meu email. Agora eu que queria trocar uma ideia contigo. Mas não achei aqui no seu blog um contato. Se possível, me escreva no viagemlenta@gmail.com?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Respostas
    1. Obrigado, Scant! Interesante ver um comentário quase 3 anos depois. Abraço!

      Excluir