quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O CAOS NO ESPÍRITO SANTO - A ESPIRAL PARA BAIXO DE NOSSAS INSTITUIÇÕES

Colegas, iria escrever sobre um roteiro mental que pretendo utilizar para investir no Exterior. Porém, tendo em vista o fato de dois colegas blogueiros que gosto escreverem sobre o caos que se abateu no Estado do Espírito Santo, sendo que um está sofrendo diretamente as consequências do tumulto, resolvi abordar o tema.

 No artigo A Inevitável Tributação de Sua Renda, eu disse que a trajetória da nossa dívida e de nossas obrigações constantes na Constituição de 1988 alguma hora iriam ocasionar um aumento de carga tributária, ou graves conflitos no tecido social, ou ambos. O Texto foi escrito há quase dois anos, e eu já estava viajando. Tive em mente uma greve de professores no Estado do Paraná, onde a Assembléia do Estado do foi invadida, e a manifestação acabou em muita violência.

 Com o desenrolar do nosso processo político nos últimos dois anos, eu comecei a escrever sobre os efeitos potenciais que nossas instituições poderiam sofrer no médio e longo prazo. No penúltimo artigo sobre o Trump, abordei como as instituições americanas são a salvaguarda contra alguém como ele, e como um sujeito com ideias tão obtusas e absurdas pode ser tão perigoso. Pois bem, vou tentar, de forma a mais concisa possível,  juntar tudo isso. 

 Policiais Militares do Estado do Espírito Santo entraram no que estão chamando de “greve branca”. Não tem nada de branca, é greve pura e simplesmente.  Esse movimento é contrário a nossa Constituição, que diz no art.142, IV:

"Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.
(…)
IV - ao militar são proibidas a sindicalização e a greve”

 Por qual motivo um militar não pode fazer greve? Simplesmente, porque a função mais elementar do Estado Moderno , que é a manutenção de uma ordem mínima, é de atribuição dos militares. Além do mais, militares são diferentes de servidores civis, a eles se aplicam regras muito mais rígidas de disciplina e hierarquia, algo normal e natural numa instituição militar  Tanto é assim que no mesmo artigo 142 está previsto que:

"§ 2º Não caberá habeas corpus em relação a punições disciplinares militares.”

 O Habeas Corpus que é uma garantia fundamental de qualquer cidadão brasileiro é atenuado em caso de militares que sofram alguma punição disciplinar.

 Logo, o movimento é completamente ilegal, pois fere artigo expresso de nossa Constituição. Certo. Porém, a nossa Constituição vem sendo respeitada? Houve diversos casos em que a literalidade da nossa Constituição simplesmente foi ignorada.  Uma Suprema Corte serve para interpretar a Constituição, e às vezes a interpretação da Lei Maior vai evoluindo com o tempo. Não há nada de errado nisso, e esse tema é bastante estudado em hermenêutica constitucional.

  Agora, simplesmente ignorar o que um dispositivo claro da Constituição retrata, é uma burla a Constituição.  Lewandowski fez isso ao permitir que houvesse uma votação em separado sobre a perda do mandato de presidente e a perda dos direitos políticos, quando do julgamento de Dilma no Senado.  

  Portanto, nosso próprio Judiciário em alguns casos não está agindo, por quais motivos eu deixo de fazer considerações, como guardião da nossa Constituição. Ao escrever sobre a concessão de auxílio-moradia para os membros do Ministério Público e Juízes em 2014, produzi um artigo intitulado Ainda Já Juízes em Berlim?  Naquele texto, abordava que quando o Judiciário começa a distorcer as leis em proveito próprio, o país poderia estar rumando para algo muito ruim.

  E por qual motivo falo isso? Os Policiais Militares do Estado do Espírito Santo aparentemente ganham um ordenado muito ruim. Segundo notícias de jornais, o salário base de quem entra é algo em torno de R$ 2.500,00. A Greve dos policiais é basicamente por aumento de salário. Esse salário base equivale a metade do auxílio-moradia de juízes e promotores. Se querem saber o quão ilegal é o recebimento desta verba, sugiro a leitura do meu artigo citado.

  Curioso por saber quanto ganha um Promotor do Espírito Santo, eu fui direto na fonte. Você pode fazer o mesmo e ir ao site: Remuneração Promotores  . O salário base de um promotor é de R$30.000,00. Entretanto, há diversas indenizações no salário (que por definição não incide Imposto de Renda). Olhem na penúltima coluna das tabelas do endereço disponibilizado. Uma indenização de R$ 10.000,00 mensal é a regra. No mês de novembro, entretanto, as indenizações do pouco mais de 300 promotores, pelo menos nos primeiros que eu vi da supracitada tabela (não fiquei observando todos os nomes), superiores a R$ 50.000,00

 Isso quer dizer que esses servidores públicos, promotores e juízes são servidores do Estado como qualquer outro, no mês do Novembro , além do salário e indenizações padrões, ganharam 50 mil a mais livres de Imposto de Renda. Pelo menos é isso que interpreto da planilha lá disponibilizada.

  Uma vez disse num grupo de Whatsapp, no auge dos protestos contra a Dilma e o Lula (que tinha acabado de ser nomeado para Ministro), que a corrupção e a imoralidade no Brasil acontecia em vários níveis, e isso se estendia inclusive a salários que não respeitasse nem mesmo o teto constitucional. Um colega ficou indignado, disse que não era a mesma coisa, que o Lula era Ladrão e ele estava indo para a Avenida Paulista protestar. 

 Pois bem. É difícil convencer a população, e um outro servidor público principalmente, de que esse tipo de situação é de alguma maneira legítima. Ora, o ser humano assim age, ele sempre olha a situação dos outros para analisar se a sua é ruim ou não. Um servidor sempre irá refletir se o seu salário é justo ou não,  observando o salário de outros servidores. Quando se cria um fosso desse tamanho, principalmente com o pagamento de verbas de caráter para lá de duvidoso, podem ter certeza, prezados leitores, que a celeuma no interior do Estado está criada.

 Agora, há centenas de promotores no Espírito Santos, mas milhares de policiais militares. Há milhares de promotores no Brasil, mas milhões de policiais e professores. Sendo assim, se aumentarmos o salário de policiais e professores em 50%, o que não faria absolutamente em nada para diminuir o fosso citado, os Estados brasileiros que estão em profunda dificuldades financeiras quebram de vez. Não há dinheiro para isso.

 Os Estados não tem nem dinheiro para pagar as despesas correntes atuais, imagina se aumentarem o grosso das despesas correntes, que é formada por pessoal, por 40-50%? Porém, como se pode dar esse argumento para carreiras tão importantes como policiais e professores, quando se pagam salários e indenizações nesse patamar para promotores e juízes? Eu, sinceramente, acho muito difícil.

 Como dizer que a Constituição está sendo violada por essa greve, quando nossa Lei Maior vem sendo violada por muitos políticos, inclusive pelo próprio Judiciário? Qual é a mensagem que não se passa para a população em geral?

  Qual não é a mensagem que se passa quando se destitui uma presidente por crime de responsabilidade fiscal, baseado que a demora de repasses para bancos públicos se constituía de operações de crédito vedadas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, quando diversos Tribunais de Contas Estaduais permitiram que as verbas pagas como indenização (como auxílio-moradia) não entrassem na rubrica gastos de pessoal, fazendo assim com que os gastos de pessoal (que são correntes, ao contrário dos atrasos feitos pela Administração Dilma-Temer) fossem mascarados para que não chegassem aos limites estabelecidos na própria LRF?  Eu acho uma mensagem no mínimo dúbia.

  Na verdade, creio que estão se passando diversas mensagens conflitantes em nosso país. O Temer , que era da mesma chapa da Dilma e a sucedeu, está cercado de diversos ministros que já foram envolvidos ou estão por ser envolvidos em escândalos de corrupção com a liberação das 77 delações premiadas que estão no Supremo. Ele até mesmo elevou uma secretaria ao status de Ministério, dando assim foro privilegiado para Moreira Franco, supostamente citado diversas vezes em delações premiadas. Perguntado se isso não era a mesma coisa que Dilma tinha feito com Lula, alvo na ocasião de inúmeros protestos na mídia e de partes da população (mediante a liberação de uma conversa telefônica por parte do juiz Sergio Moro onde tenho sérias dúvidas sobre a legalidade de tal ato), o presidente e o agora Ministro falaram que não era a mesma coisa. 

 Mais uma vez preciso ressaltar de que não se trata de uma defesa de quem quer que seja. Passamos por uma violenta crise econômica. Crise essa que teve diversos fatores. Passamos por um gravíssimo caso de corrupção que está longe de todos os desdobramentos acabarem, pelo contrário, na minha opinião vai se aprofundar ainda mais. As Administrações anteriores possuem uma gigantesca parcela de responsabilidade nisso tudo. Agora, parece-me que por causa disso, está se perdendo o senso crítico para muitas questões.

 Quais são as consequências disso tudo? É isso que estamos presenciando no Espírito Santo. A Justiça deu uma decisão dizendo que a greve é ilegal. Porém, o Renan não descumpriu uma ordem do Supremo Tribunal Federal há menos de dois meses? Agora, o Renan é indicado a ser presidente da CCJ, se não me engano. Alguém réu no Supremo, com diversas denúncias e investigações, que descumpriu uma ordem judicial, pode assumir a presidência da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, basicamente a Comissão mais importante da casa.  Será que é para a governabilidade do atual governo? 

 Se uma ordem do STF é desrespeitada, por qual motivo policiais precisam respeitar uma ordem do Judiciário, ainda mais se eles acham que suas reivindicações são justas? Percebam, prezados leitores, a espiral para baixo sem fim que se entra quando as instituições são fragilizadas, quando para determinados fins a ordem legal não é respeitada.

 Há uma tendência disso se agravar ainda mais. O Governo Temer está com índices de popularidade muito menores do que a de Dilma, como isso é possível eu não sei. Porém, ele está com uma maioria avassaladora no Congresso, provando que popularidade aparentemente não está querendo dizer mais nada. Eu não acho que um político tenha que se preocupar com popularidade, mas sim em fazer a coisa certa, ou ao menos tentar fazer a coisa certa. 

 Contudo, se continuar assim, se propostas impopulares forem tomadas por um governo sem popularidade alguma que não foi nem mesmo eleito para fazer isso, o que garante que não haverá um choque forte ou que isso não vai desembocar em algo completamente diferente na eleição de 2018? Diferente não quer dizer melhor, e na maioria das vezes pode ser muito, mais muito pior.

 Quando escrevi o texto que aludi no começo, eu imaginava que poderiam haver embates, mas que ao menos haveria a possibilidade das reformas estruturais, da rediscussão do nosso pacto social, ser feita de forma clara e transparente com a sociedade. Ainda espero sinceramente que isso possa ser feito no Brasil, sob pena de vermos o nosso tecido social se esgarçar ainda mais,

 Sobre o descontrole da população, e os saques, e tudo mais que está acontecendo no Estado de Espírito Santo, eu vejo como nunca as pessoas se colocam como pessoas normais, mas sim como pessoas de bem alheias a qualquer maldade inerente que existe em potencial em cada ser humano, os famosos cidadãos de bem

 Eu não acredito nesse conceito, pelo contrário, sempre desconfio de quem se auto-elogia ou atribui a si mesmo características de grande vigor ético, separadas do resto da população, essa sim detentora dos mais variados defeitos. 

 Estou lendo um livro muito interessante do Dan Ariely (que é conhecido por escrever livros como Previsivelmente Irracional) sobre a Desonestidade e como a Desonestidade está espalhada por tudo e por todos. 

 O mesmo caos também aconteceu em New Orleans depois da passagem do furacão Katrina. Pessoas estavam se matando, roubando, estuprando, etc. Os que dizem que a população brasileira não tem jeito, falariam a mesma coisa da população americana? 

 Em situações de descontrole, um lado sombrio do ser humano aflora. A Civilização, o Direito, o Estado, são justamente formas de tentar colocar esse lado sombrio sobre alguma forma de controle. Creio que boa parte das sociedades hoje em dia, e talvez com mais força em países desestruturados como o nosso, decaíram para estados mais violentos muito facilmente, se houvesse situações objetivas para tanto.

  Já escrevi diversas vezes aqui como as pessoas tem o costume de assumir que algumas coisas são garantidas. Energia Elétrica, por exemplo. É como se fosse o ar. Como fiquei diversas semanas e em diversos lugares sem energia elétrica, hoje sou o simples ato de poder ligar um ventilador já me deixa satisfeito. Quando algumas pessoas dizem, de maneira aloprada, que o Brasil é o pior país do mundo, elas nem imaginam o que pode existir lá fora. 

 O que está acontecendo no Espírito Santo não é absolutamente nada perto do que acontece em diversas regiões de conflito no mundo. Muito provavelmente, é o que todo brasileiro espera, a situação será atenuada rapidamente, mas o que muitas pessoas estão experimentando no Espírito Santo é apenas uma fração do que muitos Sírios, Iraquianos, Congoleses, Sudaneses, etc, etc, vivem todos os dias. Sim, o caos e o horror.

  Logo, a própria noção de estabilidade, segurança e coisas mínimas não são garantidas,  e centenas de milhões de seres humanos não possuem isso no seu dia a dia, algo que passa completamente despercebido por alguém de classe média que nasceu num país como o Brasil.

 O filme, infelizmente não tive o prazer de ler o livro, do Senhor Saramago chamado “Ensaio Sobre a Cegueira”, retrata de uma maneira dura como o ser humano pode degringolar de forma bem rápida, pessoas respeitáveis, pais de família, pagadores de impostos, podem se tornar violentos, injustos, cruéis, num piscar de olhos. Felizmente, no final do filme, uma beleza enorme é mostrada. Não sou crítico literário, mas acho que Saramago criticava não os atos atrozes de quando todos estavam realmente cegos, mas sim a nossa cegueira atual enquanto ainda podemos ver. Nós podemos ver, mas estamos cegos.

  Espero sinceramente que a “normalidade" possa voltar ao Estado de Espírito Santo, que o nosso colega de blogosfera Guardião possa ficar bem, assim como a sua família, e assim como o seu negócio. Porém, se não começarmos a enxergar o que recusamos em observar, infelizmente poderemos viver ainda muitas mais situações de caos como a que o Estado do Espírito Santo está vivenciado.


 Abraço a todos

74 comentários:

  1. Fala, Soul!

    Antes de qualquer coisa, indico a leitura do Ensaio Sobre a Cegueira. O filme é bem fiel ao livro, mas o livro é uma obra de arte.

    Isso que está acontecendo no ES é digno de intervenção federal. A constituição autoriza. Talvez Temer não queira intervir para não constranger o governador, também do PMDB.

    Dei uma pesquisada rápida e no ES tem 344 magistrados estaduais na ativa.

    344 x 4,3 mil = R$ 1.479.200,00.

    R$ 1,5 milhão de reais por mês gastos nesse absurdo auxílio-moradia.

    R$ 17.750.400,00 por ano! Divida isso entre os soldados e cabos da PM e certamente haverá um upgrade considerável na remuneração deles.

    Pra você ver como esse papo de "o Estado não tem dinheiro" é seletivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Seu Madruga.
      Eu imagino que seja, já li alguns do Saramago, e depois que você se acostuma com a forma de escrita dele, é um deleite para os olhos e cérebro ler os livros desse Senhor.

      Não tenho dúvidas, que a União poderia decretar Intervenção Federal. Creio que não o faria para não criar um precedente, para não constranger um aliado político e porque o ES era um Estado "modelo" de ajuste fiscal. Qual mensagem não enviaria para outros governadores "faça o ajuste, enfrente o caos, sofra intervenção".

      Na verdade, não creio que faria tanta diferença. O Governador do ES disse que se aumentasse em 40%, seriam necessários 500 milhões a mais no orçamento. Assim, 17 milhões seriam um pouco mais de 3% do que se precisaria. O problema é de sinalização de que tipo de país queremos, e como pode-se exigir esforço de outros, mas não de certas categorias.

      O Estado não tem dinheiro mesmo, mas infelizmente para algumas coisas há dinheiro de sobra.

      Abs

      Excluir
    2. Pois é. Se o estado "modelo" é esse, simplesmente porque é superavitário, estamos fu... com esse modelo. Claro, a situação do resto ainda é pior. Pelo menos o ES conseguiu uma injustiça equilibrada rs

      Eu não vejo como alterar essa dinâmica. Só uma revolução no tecido social profunda, o que, penso, dificilmente vai ocorrer. Algo que envolva aumentar gastos ao redor do país é impossível. E sempre batem nessa tecla como se fosse um problema de receita. Todo mundo defende seus privilégios (e isso é completamente natural, humano).

      Excluir
    3. Você tem razão. Na verdade eu não sabia que eles estão pedindo um aumento de 40%. É irreal um reajuste tão alto assim de uma vez. Nunca vi nada parecido.

      Mas enfim... mudando a abordagem: com R$ 1,5 mi/mês, e considerando a remuneração de R$ 2,5 mil que você citou, daria para colocar mais 600 PMs nas ruas do Estado.

      Sei que é um cálculo simplista e não considera alguns encargos, mas é só pra demonstrar como o auxílio-cobertura poderia ser revertido em favor da sociedade em vez de parar no bolso do magistrado.

      Abraço!

      Excluir
    4. Anônimo,
      Sim, é difícil falar de despesas no Brasil.

      Seu Madruga,
      Exatamente. É esse tipo de cálculo que infelizmente não se faz, ou se alguém faz (como estamos fazendo agora), infelizmente não é levado muito em conta quando se decide onde alocar o dinheiro dos tributos.
      Pagar auxílio-moradia para juízes que já ganho mais de 30 mil de salário base, ou colocar mais 600 policiais nas ruas. Imagina um político explicando isso para a população.

      Abs

      Excluir
    5. Um aumento de 3% só com o auxílio moradia é muita coisa.
      E que tal retirar o auxílio moradia e mais 25% de todos os rendimentos brutos dos cargos com altos salarios do judiciário, executivo e legislativo?

      Garanto que chegaria tranquilo perto dos 40% que a PM está pedindo.

      Excluir
    6. Seu Madruga, concordo com seu ponto de vista porém vai além do simpels cálculo de padeiro que sempre fazemos. Quando se aumenta 600 policiais temos que lmebrar da aposentadoria, saúde, equipamentos e vários outros pinduricalhos que vem junto e custam muito.

      você esqueceu de falar do auxílio terno que um desembargador defendeu pois eles precisam comprar terno em Miami.

      Excluir
  2. Soul, para alguns o único culpado é o PT. A lógica é simples, a Direita está SEMPRE CERTA na cabeça deles, pode fazer tudo.

    DE outro lado, para esses "jênios" a Esquerda está SEMPRE ERRADA.

    Como voce demonstrou que o Trump fez o mesmo que a Dilma, mas no caso dele é simplesmente genialidade, pois se trata de um cara da Direita.


    A revista Veja, junto com a Globo, destruiu o pouco de bom senso que havia na classe média. Agora vemos gente estudada agindo irracionalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo como natural e salutar que outros tipos de movimentos ideológicos se manifestem.
      Agora, seletividade e criação de "judas" não ajudam em absolutamente em nada a resolver os problemas desse país, em minha opinião.

      Abs

      Excluir
    2. Anon, qual foi o presidente da Direita que o Brasil teve?
      Aguardo sua resposta.

      Excluir
  3. IF,
    Diante disso tudo eu pergunto: Você ainda tem esperanças com o Brasil? Não pensa em imigrar? Eu pretendo ir em 2018 e não por acreditar que lá fora são 1000 maravilhas mas por acreditar que aqui dentro está ruim demais. Principalmente no quesito segurança pública.

    Eu não queria o Temer mas diante da Dilma era o que tinha. Fico pensando se esse caos todo não é o terreno perfeito pro eleitor tacar um "foda-se a lá Tiririca" e eleger o Bolsonaro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega.
      Esperança em relação ao que exatamente? O País é um continente com mais de 200 milhões de pessoas vivendo nele. São inúmeros países dentro de um país. Atingir um nível de desenvolvimento humano como a Nova Zelândia? Não, não chegaremos lá, mas o simples fato é que não há nenhum país grande com muita população com um gigantesco desenvolvimento humano. Há os EUA, potência econômica, militar, mas em minha opinião não é um exemplo de qualidade de vida.
      Esperança para termos um país mais funcional? Claro por que não?

      Emigrar? Não sei. Boa parte do meu dinheiro irá emigrar, assim se eu quiser ir será mais fácil. Porém, gosto da vida que tenho no Brasil. Desejo sorte para você em sua empreitada, para onde pretende ir?

      Eu não concordo com a afirmação de que "diante da Dilma era o que tinha". Nós vivemos num presidencialismo, não num parlamentarismo. Se ela era horrível, mas não cometeu crimes, tinha que seguir. Se ela cometeu crimes de responsabilidade, o que há inúmeros indícios de que este foi o caso, ela deveria ser afastada. Porém, não pode ser um caso isolado, não se pode afastar uma presidente, e fazer vistas grossas para o que vários governadores fizeram. Não dá para o vice da mesma chama, que inclusive foi cúmplice do estelionato eleitoral e provavelmente das doações ilegais, ficar tendo as mesmas práticas políticas, se não piores, em nome de uma governabilidade e não achar que isso tem consequências.

      É possível, talvez isso possa ocorrer, o que seria uma tragédia para o Brasil, ainda maior.

      Um abraço

      Excluir
    2. Estou entre Canadá e EUA. Também pretendo fazer o dinheiro migrar antes mesmo sabendo que vou perder nossos maravilhosos juros reais.

      Eu digo era o que tinha pq era eu não achava que iam rolar novas eleições. Mas deixar a Enta no poder tbm não dava. Além do crime não tinha mais clima. O que me espanta agora é o Temer fazendo um monte de cagada e a esquerda ao invés de aproveitar e meter o pau está quieta. É um teatro que nós pagamos a conta.

      Excluir
    3. Boa sorte na sua jornada. Canada é um país que não me atrai para morar, viajar de carro e ir acampando sim, morar não. Nos EUA, talvez Califórnia ou Havaí.
      Espero que sua empreitada dê certo.

      Tanto Temer como a Dilma deveriam ter renunciado, e novas eleições serem feitas. Ou o TSE poderia ter sido mais ágil e julgado a cassação da chapa no ano passado, julgar agora pode fazer mais mal do que bem.
      Sim, é um teatro de show de horrores.
      Um abraço

      Excluir
  4. Soul, se me permite, li seu texto da "inevitável tributação" na época e não lembro se você era a favor disso ou se achava que isso iria acontecer. Pois bem, de qualquer forma, eu encorajo qualquer político a fazer isso. Por quê? Porque não vai adiantar nada em termos de arrecadação, pode acreditar. Estaria disposto a apostar nisso. E o negócio implode logo (os tecidos sociais). O problema é que nossa CF, tão elogiada por quem faz Direito, promete tudo "grátis" ("direitos" sociais) e é/será incapaz de entregar num país de renda média com carga tributária altíssima (e ineficiente).

    Fiz minha graduação em universidade pública, me sinto um pouco culpado por isso. Havia professores meus, pelos quais sou grato, que ganhavam 15k, 20k sem nada que justificasse - nenhuma publicação em revista científica internacional. Nada. Absolutamente nada. O cara tinha doutorado, phD e por isso se achava merecedor. Se o meu chefe chegar pra mim e disser que vai aumentar meu salário em 1000% acima do mercado, eu não vou questioná-lo (quem o faria?), mas é uma burrice da parte dele fazer isso. É exatamente o que o serviço público faz. Isso se estende para todas as áreas em que a esfera pública atua. Essas distorções não existem só no Judiciário. Pessoal que trabalha lá está corretíssimo, tem de pensar em si mesmo. Se os salários pagam acima até do que você produz, por que não ir? São as regras do jogo.

    Obs.: os professores que são mal remunerados são os do ensino básico. Obviamente, isso pode mudar para melhor (ganharem mais proporcionalmente) ou até para uma situação pior, equivalente a do ensino superior. É um discurso fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega.
      Rapaz, eu como investidor gostaria: isenção de IR sobre rendimentos de renda fixa, diminuição ou isenção de ganhos de capital na venda de imóveis (que no Brasil já é relativamente baixo comparado com outros países), que não existisse o imposto inflacionário, etc.

      O Soul como cidadão, achando que não é possível uma diminuição brusca da carga tributária de uma hora para outra, creio que deveria haver uma migração da tributação indireta, que é regressiva, para uma maior tributação direta. Isso vai de encontro com o que o Soul Investidor quer.

      O Soul sonhador é aquele que gostaria que houvesse uma mudança de tributação indireta para direta e que a carga tributária diminuísse uns 15% do PIB (algo completamente impossível hoje em dia). Um Estado menos interventor, que reconhecesse que devemos estimular a liberdade e o empreededorismo, com sistemas tributários e políticos mais eficientes e com educação e saúdes de alguma maneira acessíveis a esmagadora maioria da população. Sou ok com a ideia de vouchers, apenas não acho que a iniciativa privada possa dar conta num país como o nosso, sem ajuda de outras pessoas (sim feito de forma compulsiva por meio de tributos), de atender uma população tão vasta. Posso estar errado, mas é o que penso.


      Sim, um país de renda média com carga tributária alta e envelhecendo, o tempo está acabando.

      Um abraço!


      obs: É natural desejarmos mais dinheiro, agora no Brasil está ficando muito fora de qualquer padrão lógico e racional, principalmente quando se trata de servidores públicos, e olha que eu ainda sou um deles.

      Excluir
    2. O país da meia-entrada. É também assustador como criamos e incentivamos a crença de que a gratuidade é um ato de vontade. Queremos tudo de graça aqui no Brasil.
      Ainda nesse tema, algo pouco discutido é a concessão indiscriminada do 'benefício' da justiça gratuita. Juízes passam por cima de qualquer análise de veracidade do pedido.
      Já vi colegas advogados com declarações de pobreza pasteurizadas para qualquer cliente e, para minha triste surpresa, aceitas com grande frequência pelo judiciário.
      Mas, analisando por outra ótica, faz até sentido a concessão a rodo. No meu Estado, através do portal da transparência, vejo que o juiz da minha comarca ganha - líquido - R$ 42.000,00 (há uns quebrados). As 'indenizações', isentadas do imposto de renda, em determinadas situações são maiores que o subsídio sujeito ao teto. Com uma remuneração desta, fica fácil ver no outro um necessitado do benefício da justiça gratuita...

      Excluir
  5. Soul,

    Muitas informações erradas no seu artigo, mas vamos lá.

    A respeito do ES, nada demais. Esse é o legado de Lula, Mantega e Dilma que, por sinal, estão livres, leves e soltos usufruindo de suas fortunas e rindo das nossas caras.

    E, na minha opinião, a situação vai piorar. O dinheiro, literalmente, ACABOU! Vamos aguardar para ver as cenas dos próximos capítulos...

    Sobre a reação dos "capixabas de bem", você tá de brincation with me, certo? Ao invés de recriminar essas cenas grotescas que estamos assistindo, você coloca os EUA na história e diz que isso é NORMAL?

    É mais do que evidente que esses saques são coisas de bandidos, ladrões, safados e por aí vai. Ou você já esqueceu do comportamento dos japoneses após o tsunami de 2011?

    http://g1.globo.com/tsunami-no-pacifico/noticia/2011/03/preparo-e-espirito-de-grupo-explicam-ausencia-de-saques-apos-terremoto.html

    Não leve-me a mal, porém, eu sei que você tem tendências enormes de esquerdismo em seus textos. Mesmo assim, não minta para seus leitores, ok?

    Para encerrar, sobre a Banânia, sim, ela é um dos piores lugares do mundo, se não for o pior! Você mesmo viu com seus próprios olhos como o mundo é maravilhoso, e que até mesmo países miseráveis são melhores para se viver do que aqui.

    Para encerrar, já assisti o filme citado por você e achei o mesmo uma bela duma porcaria!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, I.L.
      Cara, você sempre comenta, fala um monte de coisas sem sentido, e depois nunca volta.

      Sobre os citados por você estarem livres, leves e soltos, isso é uma questão do Judiciário e do MP. Lula inclusive é réu em três denúncias aceitas. Se houver provas para a sua condenação tenho certeza que ele será condenado. Desconheço que o Mantega seja réu em alguma ação penal, assim como a Dilma. Você gosta de histrionismo, eu prefiro fatos e técnica. Não se combate a corrupção com frases tolas e de efeito, se combate a corrupção com técnicas investigativas sérias e com processos judiais bem montados para não serem derrubados.
      Sobre não ser nada demais a crise do ES, eu acho que a sua afirmação está longe de ser verdadeira. É uma crise seríssima, parecida com a que ocorreu na Bahia há uns anos, e que gerará consequências profundas para o Estado do ES por muitos anos.

      Qual é a informação errada no artigo? Uma informação errada geralmente é ligada a um determinado fato que é mostrado que não é verdadeiro. Você deu uma opinião, estou esperando quais são as informações errôneas do texto.

      Meu amigo, você tem sérias dificuldades interpretativas. Onde foi dito que isso é Normal? Sério? O que foi colocado, e o que acontece em vários lugares do mundo, é que o ser humano pode degringolar muito facilmente para estágios de pura selvageria, e o que aconteceu nos EUA depois do furacão Katrina foi apenas um exemplo de um país rico.
      Sua capacidade interpretativa andou mal nessa.

      Sim, os Japoneses são uma honrosa exceção, eu já estive no Japão e fiquei impressionado com o que vi. O Japão é baseado muito na comunidade, na opinião da coletividade sobre o indivíduo, na pressão da coletividade sobre o indivíduo, é como eles construíram a sua história e cultura. Você conhece algo do Japão? Isso possui diversos problemas, conheci muitos japoneses que se sentem tolhidos e pressionados por isso, mas também é capaz de criar uma sociedade que se ajuda e respeita a ordem, pelo bem da coletividade, num momento de dificuldade extrema.

      Ao invés de recriminar assassinatos, arrastões? I.L. aqui não é o espaço para ser profeta do óbvio, se for para escrever que 2+2=4, eu nem perco o meu tempo. Se você aprecia ficar lendo textos ou produzir textos assim, é uma escolha sua. Agora, implicar que de alguma forma eu com o texto estou de certa maneira "apoiando" esses atos, é simplesmente falso e ultrajante.

      Não me leve a mal também amigo, mas você possui sérias tendências de soltar frases soltas, realizar pouco raciocínio e sair rotulando tudo e todos para que o seu esquema de mundo seja mais simples. Ok, muitas pessoas fazem isso, não creio que esse seja um bom caminho.

      "Ver com os próprios olhos" é uma das maiores redundâncias linguísticas que existe. Quem vê só pode ser com os olhos e os seus olhos só podem ser próprios. Sim, vi muitas coisas, o mundo realmente é maravilhoso. Como você pode ser tão seguro, o que do mundo você conhece para dizer algo sem sentido como isso?

      Isso é uma questão de gosto. O Seu Madruga lá em cima assistiu e gostou, chamou o livro inclusive de obra prima. Você viu e não gostou, faz parte.

      Abs

      Excluir
    2. Soul infelizmente ele está cego! A mente dele está em loop. O que importa de verdade em uma sociedade desenvolvida é se a população sabe distinguir o certo do errado. Não é se a população é de esquerda ou de direita. No Brasil não sabemos fazer isso. Não soubemos nos mandos e desmandos do PT/PMDB e continuamos sem saber no Governo do PMDB/PSDB. Dilma tinha que ser cassada, pois maquiou as contas públicas para ganhar a eleição. Isso não foi justo. Esse foi o primeiro passo errado. Porém, o que tem me deixado incomodado é a cegueira das pessoas que protestaram contra Dilma e não estão agora protestando contra o Temer, pois ficam com medo de fortalecer a esquerda. Isso é uma grande incoerência e pagaremos um preço alto por ela, pois atualmente os políticos estão extremamente confortáveis em minar a Lava-Jato e as boas ações do judiciário!

      Excluir
    3. Olá, colega. Ao invés de pensarmos em enfraquecer a esquerda ou a direita, deveríamos pensar em enfraquecer a cegueira, como bem levantado por você, e a irracionalidade.
      Eu tenho problemas com incoerência e indignidade seletiva. Já vi muito isso no meu trabalho, e não foi a forma que fui educado pelos meus pais. Agora como adulto, vejo que indignação seletiva é um instrumento muito fácil e utilizado apenas por aqueles que fraquejam com medo de reconhecer que poderiam estar errados. É apenas mais uma fraqueza humana.
      Vamos ver o que vai acontecer com o Brasil. Vamos ver essas delações, e o que irá ocasionar. Vamos ver a proposta de reforma da previdência e vamos ver como iremos lidar com o déficit fiscal.
      Abs

      Excluir
    4. Soul,

      Vamos a minha réplica.

      A questão não é histrionismo ou não. A questão é que o PT é a maior máfia disfarçada de partido da história da humanidade.

      Ou você já esqueceu disso?

      http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,total-de-propinas-em-esquemas-investigados-pela-lava-jato-pode-chegar-a-r-10-bi,1777168

      Vou repetir:

      DEZ BILHÕES DE REAIS.

      Só falta você relativizar esse absurdo e achar tudo normal, rs. Quem estava no comando do governo e, principalmente, da Petrobras na época?

      É claro que o PMDB, o PP e outros partidos também saquearam a estatal, contudo, o grosso desse dinheiro certamente foi todo para o PT.

      Só o Pedro Barusco, um mero "estafeta", devolveu quase 200 milhões de DÓLARES para os cofres públicos:

      http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2015/03/ex-gerente-da-petrobras-devolve-mais-de-r-180-milhoes-aos-cofres-publicos.html

      Se você realmente acha que Lula, Dilma, Mantega, Gabrielli, e tantos outros, não só sabiam disso, como eram os comandantes do Petrolão, você deve ter sérios problemas. O pior cego é aquele que não quer ver!

      A respeito do ES, o meu comentário foi no sentido de que essa situação, embora gravíssima, já era esperada. Como falei acima, o dinheiro simplesmente acabou!

      A principal informação errada do seu texto é justamente você afirmar que o que está acontecendo no ES é "normal", afinal, todas as pessoas tem um lado ruim que pode ser aflorado em determinadas situações.

      Desculpa, mas esse argumento é simplesmente ridículo! Como falei antes, existem países muito mais pobres do que o Bananil, como a Índia, e os índices de homicídio de lá são infinitamente menores que os nossos.

      Levando isso em conta, o que está acontecendo no ES é uma barbárie! E, o pior de tudo, absolutamente sem "JUSTIFICATIVA". Não houve nenhum terremoto, tsunami, incêndio para as pessoas estarem agindo iguais animais.

      O que está acontecendo é simplesmente uma "oportunidade", afinal, a PM não está nas ruas. A ocasião faz o ladrão, já diria o ditado. E por aí vemos a índole das pessoas de bem do nosso "país"...

      Não vem com essa conversinha de esquerdista que isso não cola comigo.

      O Japão é fora de série e ponto final. Nisso concordamos, rs.

      Mais do que 2+2 = 4, você tem que analisar os fatos. Menos emoção e mais razão! Não adianta ficar floreando as coisas e ignorando a realidade. Esse é o seu problema...

      É a sua opinião, e você tem todo o direito de pensar isso sobre mim!

      Não vejo falta de sentido nenhum no que eu disse. É exatamente isso! A Banênia é escrota, e você, como viajante do mundo, sabe perfeitamente isso.

      E sabe o que é mais engraçado?

      Você fez uma viagem pelo mundo e nem sequer pensou em visitar algum lugar daqui, rs. Além do mais, já vi você dizendo, em mais de uma ocasião, que o seu lugar dos sonhos é Califórnia. Ou seja, você mete os pau nos EUA, mas também é doido para morar lá.

      Dois pesos, duas medidas, rs.

      Abraços!

      Excluir
    5. Anônimo,

      Não fale o que você não sabe!

      A Dilma caiu simplesmente porque ela quebrou o país. Ela não cometeu um crime de responsabilidade, e sim VÁRIOS! Porém, caso a economia estivesse crescendo uns 2%, o impeachment não passaria de jeito nenhum.

      Agora dois anos seguidos com o PIB caindo quase 8% é demais, não acha? Quanto ao Temer, você acha mesmo que eu apoio ele e o seu governo?

      A corrupção e a incompetência vão continuar da mesma forma! A única diferença é que a equipe econômica é um pouco melhor, embora eu não goste do Meirelles.

      De resto, tudo como dantes no quartel de abrantes.

      Abraços!

      Excluir
    6. I.L.,
      Qual é o ponto objetivo, colega? As acusações de corrupção, pelo menos as que conhecemos, estão sendo apuradas. Já há diversas sentenças de condenação no primeiro grau, é assim que acontece quando se respeita o devido processo legal. É assim que deve ser. Coloco no texto como o descumprimento de uma ordem judicial pelo Renan pode ser deletério para o seu país, e você diz que o PT é a maior quadrilha do mundo? Sério qual é a relação? Isso é cegueira, colega. Primeiro, que há uma parte explícita do texto que fala: "Passamos por um gravíssimo caso de corrupção que está longe de todos os desdobramentos acabarem, pelo contrário, na minha opinião vai se aprofundar ainda mais. As Administrações anteriores possuem uma gigantesca parcela de responsabilidade nisso tudo. Agora, parece-me que por causa disso, está se perdendo o senso crítico para muitas questões.”
      Assim sendo, quando você escreve: "Só falta você relativizar esse absurdo e achar tudo normal, rs. Quem estava no comando do governo e, principalmente, da Petrobras na época?” e “Se você realmente acha que Lula, Dilma, Mantega, Gabrielli, e tantos outros, não só sabiam disso, como eram os comandantes do Petrolão, você deve ter sérios problemas. O pior cego é aquele que não quer ver!”, você simplesmente está criando um espantalho, algo típico de quem foge das questões objetivas levantadas. Por qual motivo você faz isso, realmente é um mistério para mim?

      Aqui quando você diz "A principal informação errada do seu texto é justamente você afirmar que o que está acontecendo no ES é "normal", afinal, todas as pessoas tem um lado ruim que pode ser aflorado em determinadas situações.” você simplesmente cria outro espantalho e simplesmente falta com a verdade. Pela segunda vez, aponte onde isso está dito ou implícito no texto? Agora de várias informações erradas, é apenas uma que se tornou a principal. Se isto fosse jornalismo, eu diria que é um péssimo jornalismo que a toda hora o jornalista muda a versão.

      O que foi dito no texto é que o ser humano pode descambar para situações de violência de forma muito rápida. Você quer negar o óbvio? Há uma teoria muito bem estabelecida chamada Broken Window, o que está acontecendo no ES se encaixa com perfeição. Quando o ser humano de alguma forma perde a noção de que há alguma forma de controle, seja legal-policial-social, ele é capaz sim de fazer atos horríveis. Os exemplos abundam no mundo.

      Excluir
    7. Agora, você muda de assunto, e traz a tona o índice de homicídios. Espero que você saiba que esteja mudando de assunto, porque as pessoas às vezes nem percebem isso. Se você soubesse um pouco mais de estatística de crimes, saberia que pelos dados internacionais a América Latina é o lugar mais violento do mundo. Isso não é privilégio do Brasil, mas sim de dois continentes (se consideramos a América Central como um continente). A Ásia apresenta, mesmo países mais pobres, apresentam números bem menores de homicídios por 100 mil habitantes. Certo, para saber isso basta olhar os números, e qual é o seu ponto objetivo? Eu poderia fazer uma correlação espúria e dizer que países de maioria católica são mais violentos (já que a América Latina é católica), isso seria apenas uma correlação espúria e não revelaria nenhuma casualidade. Esse é o problema de trazer assuntos que não se conhece tanto.

      Também concordo, está na hora de você começar a usar mais o raciocínio e fatos, do que frases de efeito.

      Quanta bobagem, agora você emite juízos de valor sobre minhas preferências de viagem? Primeiramente, diga-me onde eu “meto o pau nos EUA”? Sério, mais um espantalho? Não foi você quem disse que os democratas são como comunistas? Então para você a Califórnia é quase tão comunista como a Coréia do Norte. Viu como essas frases de efeito são tolas, meu caro colega blogueiro? Eu não tenho nenhum sonho de morar na Califórnia. Se quisesse, mês que vem estava lá, bastando comprar um visto de investidor qualificado. É um belo lugar para se morar, assim como deve ser o Havaí, Colorado, assim como é Sydney, Melbourne, Brisbane, Gold Coast, Auckland, Raglan, Berlim, Bordeuax, a Costa Francesa, Hong Kong, etc, etc.

      Conheça mais o mundo, colega, aí talvez você possa emitir juízos mais equilibrados, falar sobre o que pouco conhece não é um bom sinal.

      Abs

      Excluir
    8. Soul,

      Beleza, não vou estender nosso debate.

      Eu respeito o seu posicionamento, embora não concorde com ele.

      Abraços!

      Excluir
  6. Boas Soul,

    Está feio o negócio nesse Brasilzão. E não é só em espirito santo né. Lá (agora) está declarado. Mas em SP as coisas não mudam muito não. Todos os dias se escuta que alguém foi roubado ou entram na casa do vizinho e levaram tudo.

    As coisas só pioram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Investidor Maluco.
      Pois é, SP vinha reduzindo o número de homicídios por 100 mil habitantes nos últimos anos. Creio que estava em 9 ou 10 que é um pouco acima da média mundial de 6, mas muito inferior a média brasileira de 28-29.
      Aqui no meu bairro mesmo, houve um assalto a mão armada e entraram num prédio, algo que não se costumava ouvir por aqui.
      É um assunto complexo, de resolução de médio prazo no mínimo e sem resposta fácil.
      Um abs

      Excluir
  7. Soul, parabéns e obrigado pelo post. Como ele foi longo, me vejo no direito de escrever longamente e gostaria de sua atenção nos meus pontos:

    1- BOA parte da culpa de toda a canalhice, roubalheira e degradação moral do Brasil é do STF em primeiro lugar, que não cumpre o seu papel de julgar e condenar políticos corruptos com foro privilegiados (sim, o STF é o MAIOR culpado) pra mim de tudo de ruim que aconteceu no Brasil nos últimos 25 anos.

    2- O papel do Executivo é roubar, o papel do Legislativo é roubar. Não espero nada além disso, todo mundo sabe disso. Ninguém gasta 10 milhões pra ser governador e ficar por isso mesmo, e também senador etc. O papel do Judiciário seria julgar e prender. Simples. Executivo e Legislativo cumprem seu papel com LOUVOR, o de roubar. O Judiciário? NADA. Além dos ganhos nababescos e ridículos, fora as propinas e vendas de sentenças e demais podridão que até eu que sou de fora do Judiciário sei, ele não cumpre o seu papel, na verdade está MUITO, MUITO longe disso.

    Sobre o soldo dos PMs e supersalários do Judiciário (chamados apenas de "funças" por alguns, por aí vc tira o grau de respeito).

    Ninguém é bobo. O caixa do estado é um só. Se eu pago 200 mil pra um juiz ou 100 mil pra um auditor da receita estadual, estou deixando de dar um aumento de 400 reais pra centenas de policiais. E sim, a PM sabe o salário desses outros servidores. E você não acha que isso TAMBÉM ajuda a aumentar a revolta dentro do coração de cada um? O cara ganha mal, vive mal, mora num bairro violento, tá em perigo de vida o tempo todo pra ganhar essa merreca enquanto a casta superior do judiciário ganha esses tubos violentos? E fora essa multa ridícula que estipularam de R$100 mil por dia se não voltarem ao trabalho. Eu iria rir bastante se fosse PM, não tenho dinheiro nem pra comprar comida e estão me cobrando 100 mil por dia por causa dessa greve.

    O pessoal da área de Humanas gosta muito de falar em diferenças sociais, desigualdade social, etc etc.. ajudar os pobres, lutar contra as diferenças absurdas de renda e etc... mas logo quando passam num concurso vão com tamanha sede ao pote que se enchem e penduricalhos tais quais esses (auxílio moradia pra juiz - uma das piores palhaçadas que já vi esses senhores perpetrarem), parece que no RJ tem auxílio educação de quase R$2 mil pra cada filho do iluminado juiz. Enfim.

    A greve da PM, é um problema que o próprio estado criou ao não remunerar bem e não reconhecer, além de dar supersalário e proteger apenas alguns. Eu dou TODO O MEU APOIO PARA A PM, inclusive com direito de greve e tudo o mais, independente do que a constituição comunista de 1988 fala, a gente sabe que ela só serve aos poderosos mesmo.

    O estado ama exigir que o povo cumpra seus contratos, mas ele não cumpre o dele. Fora o desarmamento civil do estatuto do lula que atropelou o referendo da população que é outra coisa ridícula e geradora de milhares de assassinatos, furtos e estupros no Brasil.

    Solução simples: Baixe o teto dos ministros do STF em 30%, vai ter efeito cascata em todo o judiciário e vai sobrar muito dinheiro pra saldar as finanças do país e investir mais na PM por exemplo. Mas cadê que querem perder a boquinha?

    É dever moral desobedecer leis injustas. Simples assim.

    E Maquiavel escreveu há mais de 500 anos:

    "O sono do Príncipe depende do soldo do soldado".

    Não custa nada lembrar.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frugal,

      Perfeito meu amigo!

      Costumo dizer para o meu pai que o Judiciário é o maior câncer do Bananão. O fato é que a corrupção está enraizada, uma mão lava a outra e a população é obrigada a pagar a conta.

      Abraços!

      Excluir
    2. Certo, I.L.
      Você chega no almoço de família e diz para o seu Pai que possui uma grande verdade sobre o Brasil: "Pai, o maior câncer do Bananão (Brasil) é o Judiciário".
      Uma afirmação que faria os maiores analistas de política e até mesmo filósofos ficarem assombrados pela sagacidade e originalidade do pensamento.

      O Seu Pai vira-se para você e pergunta: "Ok, filho, estou de acordo, o que você propõe então? Tenho algumas perguntas específicas"

      - Há algum remédio para a situação, o que você faria? Acaba com o Judiciário? Retira a independência do Judiciário?

      Já que houve um diagnóstico tão preciso e profundo das malezas do país ("o Judiciário é o maior câncer do País"), qual seria a profilaxia?

      Excluir
    3. Soul,

      É simples. Apenas três medidas, veja bem, TRÊS medidas, já melhorariam absurdamente a situação:

      1) A extinção IMEDIATA do foro privilegiado. O próprio nome já mostra a coisa grotesca que é isso.

      2) O fim da indicação de juízes pelo presidente. Isso dá certo em países civilizados, não no quinto mundo.

      3) Implantar a gestão da iniciativa privada no setor público, com a exigência de metas e a cobrança por resultados.

      Bônus: Cada juiz teria que arcar com as consequências de suas decisões. Soltou um marginal e ele matou um inocente? Vai perder o seu cargo e ir preso junto com o assassino.

      Você, corporativista como é, com certeza não concordará comigo, rs.

      Porém, é fato que apenas essas pequenas mudanças já causariam uma revolução no judiciário! Mas sabe quando essas coisas vão acontecer?

      NUNCA!

      Abraços.

      PS: Dispenso as suas ironias...

      Excluir
    4. Il,
      1) Ok.
      2) Certo, e como serão escolhidos os Ministros do STF e do STJ e dos demais Tribunais Superiores?
      3) Sua frase ficou um pouco confusa "gestão da iniciativa privada no setor público" acho que você quis dizer "aplicar princípios de gestão privada no setor público". Ok, estamos de acordo, e isso já vem sendo em alguns setores.

      Bônus: Clarifique para mim. Alguém é absolvido por insuficiência de provas, é solto (vamos supor que estava em alguma prisão provisória), comete um crime de homicídio, então a sua solução é prender o juiz?

      Bom, então, baseado nesse esquema de mundo, você é acusado por uma mulher de a ter estuprado. Nos crimes sexuais, a palavra da vítima conta muito. Porém, é preciso ter um conjunto probatório mínimo. Como direito não é engenharia, um juiz tem que decidir o seu caso. E aí, ele te inocenta e corre o risco de ser preso, ou ele prefere não correr o risco de ser preso e te condena a uma vida bem fácil na cadeia para não correr o risco de ser preso?

      Claro que causariam uma revolução nesse país, iríamos retroceder algumas centenas de anos.

      Quem fala algo como isso não tem a mínima noção sobre o que está falando, o engraçado é que quer emigrar para países que são o completo oposto, esta é a verdadeira ironia.

      Abs

      Excluir
  8. Olá. Frugal!
    Não acho correto atribuir todas as mazelas ao STF, aliás acho um erro.
    -Primeiramente, o STF não é uma corte criminal. Ela possui essa competência, mas ela não é preparada para isso. A competência do STF tinha que ser severamente diminuída. A quantidade de processos que um ministro do STF recebe é dezenas de vezes superior ao que um Juiz da Suprema Corte Americana recebe.
    Logo, deveria-se diminuir as atribuições do STF, o foro privilegiado é apenas uma faceta.
    - Sobre salários e sentimentos, você tem toda razão, e isso foi um dos fio condutores do texto. Agora, por que só os policiais? Por que não os professores? Por que não os enfermeiros? Esse é o problema quando se cria um fosso muito grande destes, além do mais no serviço público que não existe ferramentas para mensurar produtividade ou lucro, mas geralmente apenas lobbys corporativos mais fortes ou mais fracos para tentar influenciar na remuneração.

    - Frugal, eu não sei o motivo que te leva a exagerar, alguém tão capaz e inteligente. Agora, tudo que está na nossa Constituição não deve ser respeitada, pois ela é "comunista". Sério, colega, isso não leva a nenhum lugar. Quando começamos a usar vocábulos que possuem uma aplicação específica (no caso comunismo) para tudo, além de não fazer sentido, o próprio vocábulo perde o seu significado.

    - Militares não podem fazer greve, simples assim. Isso é questão de hierarquia. É assim, presumo, em qualquer exército que se preze. O simples fato de você estar podendo externar a sua opinião livremente, é prova que a nossa Constituição serve para muitas mais coisas do que apenas "servir os poderosos". É o desrespeito a Constituição que ajuda os poderosos, não o contrário.

    - Frugal, abaixar o teto do STF em 30% não iria ajudar em quase nada as contas públicas. Repito: nada. Agora, isso teria uma força de comportamento muito grande, mostraria a população de que todos estão dispostos, até mesmo as carreiras mais poderosas, a fazer esforços. Neste contexto, talvez o grosso da população poderia daí aceitar reformas mais duras que beneficiariam o país no médio-longo prazo.

    - Estas frases de efeito como "é um dever moral desobedecer leis injustas" é uma beleza no papel, uma calamidade na prática. Quem irá estabelecer o que é injusto ou não? "Ah, o próprio indivíduo", então ficaria sobre a ótica individual considerar se deveria ou não respeitar uma legislação? Isso é apenas o caminho para o caos.
    Leis "injustas" seja lá o que podemos entender por isso, devem ser combatidas no Judiciário, se eivadas de inconstitucionalidade, ou no Congresso Nacional no período anterior a sua feitura ou posterior para a sua modificação. É assim que funciona nos mesmos Estados que você gosta de dizer que está mais seguro investindo o seu dinheiro. Não vamos inventar a roda né frugal?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre, eu falei especificamente do fato do STF não condenar político corrupto, das outras atribuições, se já tem demais não sei, mas se ele tem essa atribuição deveria fazer e vem feito, não é desculpa deixar de fazer pq tem muita coisa pra fazer, isso você vai ter que concordar que não tem lógica alguma.

      Eu falei que o próprio estado não respeita e nem segue a constituição que ele mesmo criou, como por exemplo na parte do teto dos salários dos servidores públicos, já que muitos deles superam com folga o teto e isso revolta as pessoas (essas últimas são convidadas mediante ameaça de violência física e multas a seguir).

      Você não acha que a Constituição de 1988 é comunista? Onde dá um papel muito mais do que central ao estado, de prover, de cuidar, de proteger isso e aquilo? O comunismo que eu me referi é o papel centralizador nas mãos do estado.

      Sobre abaixar o teto do STF, seria um volume de dinheiro muito considerável, mas muito mesmo. E junto com isso poderiam cortar várias câmaras de vereadores do mapa, diminuir o número dos restantes e os respectivos orçamentos de todas as câmaras e assembléias legislativas estaduais. No meu estado existem 3000 funcionarios lotados na assembleia legislativa, mas poucos vão ao trabalho, e o orçamento da assembléia é enorme.

      Outro caso de polícia é o orçamento dos TJ e dos TCEs.
      Outro caso que é muito mais do que de polícia é a Justiça do Trabalho como um todo.

      Tudo isso que citei é um sumidouro de dinheiro, com custo enorme e que pouco benefício traz à população de fato.

      As leis injustas já tornam a vida de 90% das pessoas uma calamidade em vários sentidos. Mas parece que a calamidade MESMO só existe se atingir os outros 10% restantes.

      Soul, sinceramente não sei o nível das pessoas que vc se relaciona, a renda, o dia a dia, quantas horas do seu dia vc fica do lado delas e pergunta muita coisa, eu me relaciono com pessoas muito pobres, gente desempregada, eu trabalho com essas pessoas diretamente, ou com emprego de empresa terceirizada, CLT e etc... as pessoas estão muito desesperançosas como nunca vi na vida. Esse contato com a pessoa que é o que a gente poderia chamar de "a base da sociedade" é que é o melhor termômetro.

      As pessoas da classe média-média e média-alta do Brasil, muitas vezes só se relacionam com as pessoas da própria classe em 99% do tempo, não estou falando de você, estou falando no geral. O pessoal acha que se dá bem com todo mundo pq é educado com o porteiro, com o garçom do restaurante, com o flanelinha, com o lavador do carro... em contatos fugazes de 5-10min, isso é o de menos, ainda tem muito mais gente abaixo dessas pessoas e sendo essas últimas muito mais numerosas. Eu falo tanto pra vc como para o leitor que por ventura tenha chegado até aqui, é preciso ter cuidado para não ficar preso na bolha da classe média brasileira e se perder do verdadeiro pensamento da grande maioria da população, talvez seja o pensamento de pessoas que nunca sequer as pessoas tenham conversado mais de 15min.

      Um abraço!

      Excluir
    2. Frugal,
      O STF tinha julgado um grande caso de corrupção que foi o Mensalão. Foram dezenas de Réus, centenas de volumes de processos. O STF parou por mais de um mês apenas para julgar o Mensalão. Só que o STF não é apenas crimes, amigo. Tem que julgar se o procedimento extrajudicial da Alienação Fiduciária é inconstitucional, se o acesso da Receita a dados bancários é constitucional ou não, e dezenas de outros casos importantes para o país.
      Você tem razão de que o STF deveria se esforçar para fazer o melhor, mesmo que não seja as condições ideais. Agora, não se pode comparar o julgamento de um processo criminal em primeiro grau com um julgamento criminal no STF. Eu entendo o descontentamento, mas é preciso entender o problema se quisermos atacar as causas do problema de maneira eficiente.

      Eu creio que a diminuição do Teto do STF teria um impacto financeiro pequeno no agregado geral das contas públicas, mesmo com o reflexo em outros cargos, mas teria um efeito simbólico enorme. Estamos de acordo, Frugal. Concordo que há um enorme gargalo de gastos em Câmeras de Vereadores, Assembléias Estaduais, etc. Esse tipo de gasto se fosse reduzido teria um impacto mais relevante nas Contas dos Estados. E seria mais fácil fazer esse tipo de redução, se houvesse um gesto do Executivo, Legislativo e Judiciário Federal nesse sentido.

      Frugal, então chame pelo que é. Comunismo, na acepção correta do termo, significa que não há capital produtivo possuído de forma privada. Isso não tem absolutamente nada a ver com a nossa Constituição. Você pode criticar o suposto papel intervencionista da Nossa Constituição na Economia, e do nosso Estado. Eu acho uma crítica válida. Agora chamar de comunismo apenas rebaixa o nível do debate, e num debate sério uma falha dessa não seria perdoada por um interlocutor com cera habilidade argumentativa.

      No meu trabalho, por razões de ofício, já me relacionei com milhares de pessoas pobres. Isso foi muito importante para o meu desenvolvimento humano posterior. Creio que você está correto, há uma ótima entrevista do Drauzio Varela, aquela que ele fala como o massacre do Carandiru criou o PCC, em que ele alude que se não tomarmos cuidado acabamos vestindo sempre as mesmas roupas, pensando as mesmas coisas e nos relacionando com pessoas muito similares a nós. Sendo assim, a diversidade é saudável para o aumento da nossa compreensão do mundo. Mensagem essa sempre difundida aqui nesse espaço.

      No auge do governo FHC, a desesperança era talvez ainda maior do que hoje em dia. O PIB per capta de hoje em dia é muito maior do que aquela época. Não havia quase nenhuma esperança. E aqui não estou criticando o governo FHC, mas apenas repetindo algo que o meu pai sempre falava para mim. Foi um período de rearrumação institucional. Uma década depois, os Brasileiros estavam mais, muito mais esperançosos. É assim Frugal, infelizmente nosso país parece que é feito para ter ciclos de humor nacional, assim como as condições econômicas. Gostaria que não fosse assim, mas infelizmente o é. Com uma alta taxa de desemprego, com uma queda acentuada do PIB PER CAPTA Real é mais do que natural que a parcela mais pobre da população seja a mais duramente atingida, e a que fique mais sem esperança.

      Reconhecendo este fato, o que podemos fazer? Ignorar a Constituição? Jogar para o alto o Estado de Direito? Não, claro que não. É um processo longo e doloroso, mas talvez daqui 20 anos possamos estar numa posição melhor.

      Abraço!

      Excluir
    3. Um texto que fala um pouco sobre constituições e como os excessos podem nao trazer desenvolvimento:

      http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2625

      Excluir
    4. Clarifique, colega.
      Excessos podem não trazer desenvolvimento, isso parece-me evidente. Conhecimento traz desenvolvimento. Comunidades saudáveis trazem desenvolvimento.
      Se a crítica é a CF em si, o Brasil, pelo grande GAP Social que existia na época e por estar saindo de um regime opressor, fez uma escolha de proporcionar um país com serviços de países ricos sendo ainda um país de renda média-baixa (naquela época, hoje somos renda média-alta). Muito provavelmente perdemos crescimento econômico por isso. Isso não é novidade e é um tema muito bem tratado mesmo por economistas mainstream.
      Abs

      Excluir
  9. Nosso estado não sendo levado à sério (por ser pequeno e pouco influente) será no entanto protagonista como vitrine e possível estopim para outras Policias Militares de outros estados. Odeio a esquerda (aliás os capixabas de forma geral rechaçam a esquerda), mas este problema agora é de omissão do governo local (PMDB) e do federal (PMDB). Não sei se é sentimento geral no Brasil, mas aqui é certo que a nata em poucos anos sairá do Brasil.
    Capixaba Investor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Capixaba.
      Sim, é bem possível que se não houver uma solução efetiva, isso pode ser o estopim para outras polícias militares estaduais, e isso leva as nossas instituições mais um degrau para baixo.
      Eu não acredito numa grande migração "da nata" do Brasil. Primeiro, porque não é fácil emigrar legalmente. Segundo, porque precisa de muito dinheiro. Terceiro, porque é bem difícil achar empregos na mesma área. Agora, uma pessoa super-qualificada que pode achar empregos, ou alguém com I.F. suficiente, é outra história. Porém, é uma parcela mínima da população. Na minha opinião é claro.

      Abs

      Excluir
    2. "Odeio a esquerda, mas este problema agora é de omissão do governo local (PMDB) e do federal (PMBD)". Essa é a direita? Hum...

      Excluir
    3. Talvez o anônimo não saiba interpretar texto ou apenas faça de molecagem. Mas vamos lá, supondo que seja apenas um analfabeto funcional : "Odeio a esquerda, mas este problema agora é de omissão do governo local (PMDB) e do federal (PMDB)."
      Quis dizer que odeio a esquerda que governou o país e certamente contribuiu para esse caos de hoje, mas que houve omissão dos governos estadual e federal (PMDBs). Em nenhum momento falei que é a nossa direita. Certamente, aliás, esse partido não presta : vai para onde o vento soprar, mas o tenho como um partido de centro-esquerda a princípio. Espero ter-me feito claro, mas se quiser posso desenhar também!
      Capixaba Investor

      Excluir
  10. Soul, este assunto vai longe. Seu texto abre espaço para muitas discussões e opiniões.

    IL, as vezes sinto muita raiva nas suas palavras sobre o Brasil. Acredite, reconheço muitos problemas do nosso país mas está longe de ser o pior. Nosso maior problema é segurança pois até corrupção existe em maior escala em outros paises.

    Soul, vou tentar ser breve em uma opinião já que não comento sobre política no meu blog. De todo seu texto vou extrair comentários apenas sobre remuneação de magistrados e sobre militares.

    Realmente é uma absurdo um magistrado ganhar mais de 50k e achar super normal e que é seu direito a esse salário só porque ele estudou um pouco mais que outros. Sei de um juiz em uma cidade do interior que acumulava cargo de juiz eleitoral pois não havia juiz para isso e o salário normal dele era mais de 50k, após algum tempo ele foi convocado para ir trabalhar em Brasília auxiliando um ministro no STF. Ficou furioso e não queria ir pois não ganharia mais 50k e sim 30k pois lá não tem o acúmulo de cargo e trabalharia mais assessorando o ministro.

    É um absurdo que um policial ganhe a mixaria que ganha pra defender o próprio juiz. Essa desigualdade estrtosférica que existe no noss país é que, na minha visão, leva a sérios problemas. Melhorar condições de trabalho é melhor que melhorar salarios.

    Pois agora veja bem que situação interessante estamos passando. Você comentou sobre os militares das forças armadas e a constituição. As forças armadas estão sempre ajudando a resolver tudo sem reclamar, sempre que temos problemas ou necessidade de grandes intervenções, as chamamos. Copa do mundo, jogos olímpicos, Papa, Alemão dentre varias outras coisas. Engraçado que eu recebi uma mensagem mostrando o contra cheque de um coronel da PM do ES (não sei até que ponto é verídico) que era de 19k, isto é, muito mais alto que um coronel das forças armadas que beira uns 14k.

    Fiquei imaginando toda essa reforma previdenciária e pensando o que seria de nós e o que seria dos militares. No caso dos militares que estão passando por um monte de ataques por parte da mídia dizendo que devem sim entrar para o sistema previdenciário na mesma regra dos civis eu me pergunto onde iríamos parar com isso e quem iria resolver os problemas quando ninguém mais resolve. Se igualar os militares com os civis não poderemos mais mandar eles irem trabalhar no lugar das polícias sem pagar hora extra, adicional noturno dentre outrsa coisas previstas para os civis. Penso também que se os militares não tiverem esse regime diferenciado conforme consta na constituição, a maioria vai sair para cargos que paguem mais. Além da ideologia, por qual motivo alguém vai ficar trabalhando em um lugar para receber o salário menor podendo ir para outro lugar e receber muito mais? Por que alguém seria militar se poderia ser analista do judiciário? Tenho uma amiga que trabalha na CGU, entrou com 23 anos já ganhando 16k, pra que esperar chegar a General pra ganhar 16k com a responsabilidade que um general tem se posso ganhar 16k como um analista que chega pra trabalhar, senta em frente a seu computador e simplesmente faz o que mandarem?

    O país precisa saber o que ele quer. Realmente vejo bastante mimimi e muita influência política em tudo assim como interesses. Vejo o Moro mas as vezes me pergunto até onde ele iria com a direita também. Vejo Fachin no STF e agora o careca do Temer. Vejo juiz desmandando ordens de caráter politico e várias coisas que geram muitas dúvidas.

    Desculpe o longo comenttário mas realmente há muito o que se falar e olha que nem comentei sobre os acontecimentos no ES kkkkkkk.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega.
      Eu creio que esse é o papel das forças armadas. Ela não tem que reclamar de nada mesmo, e simplesmente ajudar o país.
      Sobre o fosso, estamos de pleno acordo.
      Eu não tenho opinião formada sobre a exclusão ou não dos militares da reforma da previdência. Eu parto do princípio de que o tratamento deveria ser igualitário (políticos, juízes, servidores, etc), mas os militares possuem particularidades. Entretanto, os militares possuem um peso enorme na rubrica despesas de pessoais e de inativos, principalmente nos Estados, sendo assim uma reforma sem eles é uma meia-reforma.

      Rapaz, a comparação de salários entre carreiras é o que sempre ouvi, ouço e continuarei ouvindo. É basicamente O assunto dos servidores públicos. Eu creio que um salário bruto de 15-16 mil um bom salário. O problema é que como há carreiras ganhando mais de 30 mil (a minha inclusa), fica difícil falar para outras carreiras se contentar com esse valor.

      O problema é difícil. Eu creio que para além do salário, há outras questões que envolvem serviço público como estrutura, a criação de um sentido, a utilidade ou não do trabalho, etc. Há saídas, no meu entendimento, para o problema do serviço público que não necessariamente apenas focarmos nos salários.

      A indicação do Moraes para o STF é algo que realmente não faz o menor sentido.

      Não precisa se desculpar, é sempre bacana ler os seus comentários.

      Um abraço!

      Excluir
    2. BPM,

      Você sente raiva por eu falar a verdade? Eu sei que a ignorância é uma benção, porém, não podemos tapar os olhos para a verdade:

      http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2014/12/brasil-tem-o-maior-numero-absoluto-de-homicidios-do-mundo-diz-oms.html

      http://g1.globo.com/educacao/noticia/brasil-cai-em-ranking-mundial-de-educacao-em-ciencias-leitura-e-matematica.ghtml

      http://veja.abril.com.br/blog/impavido-colosso/em-ranking-sobre-a-eficiencia-dos-servicos-de-saude-brasil-fica-em-ultimo-lugar/

      http://exame.abril.com.br/brasil/brasil-e-ultimo-em-ranking-de-transporte/

      Achei tudo isso em menos de cinco minutos de pesquisa no Google. Se você realmente acha que eu estou exagerando, fique com o seu Brasil maravilhoso.

      Abraços!

      Excluir
    3. IL3 não fico com raiva porque lê e replica o que está em certas mídias. Até aqui só apresentou opiniões da Rede Globo. Eu tento ir até o terreno pra tirar minhas conclusões. Se em ações a gente vai lá conhecer a rede de lojas que estamos investindo, por que não ir vivenciar um pouco de algum problemas ou estados? No momento estou fora do Brasil então não posso visitar o ES mas como posso visitar outros países posso dizer que o Brasil não é o pior.

      Excluir
    4. Soul, tá lá o primeiro post sobre viagens!

      https://buscandooprimeiromilhao.blogspot.com.es

      Abraço!

      Excluir
  11. "A fraqueza atrai a violência; Um cidadão armado é um cidadão seguro."

    Ayn Rand

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreverei sobre porte de armas, num dos próximos artigos.
      Abs

      Excluir
  12. "A fraqueza atrai a violência; Um cidadão armado é um cidadão seguro."

    Ayn Rand

    ResponderExcluir

  13. Soul, posso estar errado, mas o Brasil está sendo o que sempre foi: um caos.
    O primeiro filme tropa de elite mostra bem a realidade brasileira, cada um por si, todo mundo querendo se dar bem, os fins justificando os meios, corrupção pra todo lado.
    Não há civilidade, respeito ao próximo e as instituições. Eu era a favor do impeachment de Dilma, ela cometeu crime de responsabilidade. Mas nem por um segundo eu imaginei que um governo do PMDB agiria de forma diferente.
    Eu gosto de viver ba cidade onde vivo, é onde estão minha família e meus amigos, mas eu as vezes penso que se vier a ter filhos não sei se vou querer criá los aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega.
      Se não me engano, na década de 1960 juízes não pagavam Imposto de Renda. Mulheres casadas eram consideradas relativamente incapazes para atos jurídicos civis e uma parcela significativa da população era analfabeta (não falo nem do analfabetismo funcional). Quando do fim do regime militar, nós tínhamos índices de mortalidade infantil comparáveis com os países mais pobres do mundo. Ou seja, muitas coisas andaram para frente no Brasil.
      Eu não tenho uma visão tão obscura de onde estamos, porém como já escrevi diversas vezes estamos plantando sementes ruins para o nosso próprio futuro.
      A decisão é muito pessoal, mas se você tiver condições, talvez criar os filhos num lugar de alto desenvolvimento humano seja algo muito bom para eles. Talvez não tanto para você que já é adulto, mas para uma criança com certeza.
      Abs

      Excluir
  14. Olá, Soul! Esse post sucinta uma miríade de opiniões, algumas delas mais apaixonadas ou polarizadas. Queria debater uma questão: reconhecidamente o movimento da PM-ES é ilegal. Mas, como operador do Direito, classificaria como ilegítimo? Qual a via para a PM discutir seus pleitos? Será a via hierárquica efetiva? Devemos exigir uma obediência irrestrita equivalente ao sacerdócio? O estopim, pelas informações divulgadas, foi um movimento de familiares, que são atingidos pela péssima remuneração. Some a isso, a representação social ambígua da polícia nos meios de comunicação, sendo demonizados por alguns movimentos sociais. Apoio as demandas, mas sei dá complexidade do problema. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Faleasco. Eu não sei colega, estou longe de ter um profundo conhecimento em polícia e em segurança pública.
      Agora, a Constituição deve ser obedecida. Se o movimento é legítimo? As reivindicações podem ser legítimas, mas a forma como está sendo feita em minha opinião não é legítimo por ser flagrantemente ilegal.
      Agora, por qual motivo um agente da PF ganha os seus 10 mil e um PM ganha tão menos, é algo para se debater. A PF vem mostrando eficiência e um bom trabalho. Agora, quem levantou a PF foi a Administração do Lula, antes a PF pelo que me lembro estava muito ruim, sem verbas, sem prédios, baixos salários. Pela ironia do destino, o incremento da PF levou para a ruína do Lula e do seu Partido.
      Isso é uma questão interessante para todos aqueles que falam mal de gastos em serviços públicos, a PF é um exemplo que com maiores gastos, se bem geridos, é possível ter um serviço muito melhor prestado.
      Abs

      Excluir
  15. Escreva sobre leilões de imóveis, critérios, riscos, oportunidades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega. Estou fazendo isso, pretendo publicar material a respeito, mas será feito de uma forma organizada.
      Abs

      Excluir
  16. Ótimo texto. Aparentemente momentos de crise e de caos são essenciais para que a humanidade, de algum modo, evolua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, colega.
      Grato. Talvez, mas há momentos de caos que talvez sejam apenas isso: caos.
      Abs

      Excluir
  17. Soul,

    Não vai ser dessa vez que viraremos a Suiça ....

    abs,

    ResponderExcluir
  18. Oi, Soul!

    1. Gosto muito do filme Ensaio Sobre a Cegueira, um dos melhores que eu já vi!

    2. Como você é um cara que lê muito e tem opiniões embasadas, qual seria, na sua opinião, a solução para esse descompasso de remuneração do judiciário com o resto dos servidores?

    3.Vi em outro post você falando que está envolvido em vários leilões. Se você já atingiu a IF, pra que se dar ao trabalho?

    4. Não me lembro de você te escrito a respeito, mas depois de atingir a IF e viajar pelo mundo, what's next? Acho que da um post inteiro, hein? Se já escreveu, me desculpe.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Micro.
      A solução? Num país que elegeu um Juiz como o seu maior herói, vai ser muito difícil acabar com isso, muito difícil mesmo.
      A maior pressão é nos Estados, se os governadores baterem de frente com o MP e o Judiciário Estadual simplesmente a coisa não anda.
      A solução fica cada vez mais difícil. A primeira seria cumprir o que a CF já determina que é respeitar o Teto. A segunda era declarar inconstitucionais e ilegais todas essas verbas indenizatórias. A Terceira congelar o salário das carreias de ponta, deixando que a inflação fizesse o trabalho de diminuir o Gap entre as carreiras, porém isso será muito difícil de ser feito. Eu sinceramente não sei.

      3 - O primeiro motivo porque eu gosto. O segundo motivo é que estou procurando ter duas I.F. (uma no Brasil e outra no exterior), devo alcançar isso em dois anos.

      4 - Não sei. Talvez ser Pai. Talvez ser escritor. Talvez apenas viver, fazer algo significativo. Não sei, essa é a grande questão, não é mesmo?

      Abraço!

      Excluir
    2. Soul,

      1. Qual o problema de termos um juiz como o "grande herói"? Ou ter um grande herói em si já é ruim?

      2.Quem vai declarar ilegais as verbas? Os mesmos que a recebem...? E como declará-las ilegais se elas são legais?

      3.Sim, é a grande questão! Acho que você escreve bem, mas não sei se conseguiria achar um nicho no mercado editorial. Quanto a ser pai, só você mesmo pra responder, mas acredito que seria um bom pai.

      Abraço!

      Excluir
    3. Olá, colega.
      1- Eu acho que tem alguns problemas. Primeiro, que ele está apenas fazendo o trabalho dele, como inúmeros outros juízes fazem, como inúmeros outros profissionais fazem. O problema é a postura midiática que alguns juízes, bem como membros do MP, adotam. Para mim isso é deletério e pode ser perigoso.
      No caso prático, quando um juiz vira herói nacional, pode ter certeza que isso apenas contribui para que seja muito difícil mexer em certas questões do Judiciário. O Sérgio Moro , como qualquer juiz, tem dois meses de férias + recesso, ganha auxílio-moradia, etc.
      Isso não equivale a dizer que ele não tem sido importante, claro que foi e ainda o é, mas precisamos ter cuidado enquanto nação para não ficarmos endeusando sem muitos motivos.

      2 - Seja bem-vindo a um mundo onde o Judiciário decide em causa própria. Não há ninguém que pode declarar essas verbas ilegais que não o próprio Judiciário.

      3- Sim, é verdade, talvez exista um nicho, talvez não:)
      Sim, estou a refletir bastante sobre a paternidade.

      Um grande abraço!

      Excluir
    4. Soul,

      1- Entendi e concordo. Mas da pra entender porque estão endeusando ele, né? E com razão.

      2 - Não tem escapatória! Não vejo solução para esse problema! Cada vez mais vamos viver em um país onde os melhores cérebros, salvo algumas exceções, vão querer ir para o funcionalismo. Eu mesmo quero ir, cansei de ganhar pouco da iniciativa privada. A área que eu escolhi, de comunicação, é péssima!

      Abraço!

      Excluir
  19. Soul,

    Opiniões à parte, é sensacional o ambiente de debate do seu blog, muito em razão de sua cordialidade.

    Quanto ao post, comento apenas que, apesar de respeitar muitíssimo o trabalho dos policiais e achar que são extremamente desvalorizados no país, não acho correto que façam greves, independente da situação. É uma função que exerce influência na vida de muita gente que nada tem a ver com sua condição de trabalho. Porém, é claro que a situação é delicadíssima.

    No mais, torço sinceramente para que tudo se resolva o mais breve possível. Tenho alguns amigos por lá e é muito duro ver gente de bem como nosso Guardião se esconder junto da família e viver diante do medo dia após dia.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pretendo Milionário!
      Grato, fico bem feliz com este comentário. É bom saber que o meu pequeno ambiente possa ser um lugar para se debater de forma mais densa, e sair um pouco da superficialidade ou da agressão de alguns lugares pela internet.

      Eu creio que policiais não devem ser permitida a greve, nisso concordo contigo.

      Sim, é o que todos esperamos.

      Um abraço

      Excluir
  20. Ola Soul,

    Tenho andado tao ocupado que estou me sentindo um ET sem noticias.

    Eu nao sabia que estava tao grave assim as coisas no ES, nao tenho tido tempo pra ligar a tv, nem mesmo para ler noticias.

    Espero que as coisas se ajeitem pelo ES.

    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, VC!
      Às vezes é melhor assim mesmo, focar em nossos objetivos e não ligar tanto para um noticiário sobre o qual temos pouco ou nenhum controle.
      Abs

      Excluir
  21. Fala Soul, do jeito que o país está favorece quem tem dinheiro, a desigualdade vai aumentar cada vez mais !! Vou dar um exemplo usando a sua vida, mas não me leve a mal, mesmo porque eu faço o que você faz também com carros, assim que puder farei com imóveis !! Leilão: com essa crise todos sabemos que muitos brasileiros não conseguem pagar seus financiamentos e acabam perdendo seus imóveis, nisso para você que já é da área juridica e tem um bom poder aquisitivo, torna bem mais fácil arrematar um imóvel em leilão !! Um país sem crises, essas oportunidades diminuem, com carros por exemplo, devido o alto preço dos carros 0KM, os leilões estão inflacionados.

    Onde eu quero chegar, o Brasil é um ótimo país para quem tem dinheiro !!! tendo dinheiro, não há porque sair daqui !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Stiffer.
      É verdade. Porém, o que torna os leilões de imóveis atrativos no Brasil não é apenas a crise, mas sim a complicação e a morosidade do Judiciário. Se tudo fosse rápido e mais eficiente, os imóveis em leilão sairiam com bem menos desconto, aliás em alguns casos as pessoas pagam valor de mercado, mas isso também já é um erro crasso.
      Melhore o Judiciário, torne a resolução de conflitos mais célere, que o GAP cai. É a mesma coisa com juros, façam reformas macroecnômicas e microeconômicas que tornem a coisa mais racional e os juros caem como que por inércia.

      Porém, você tem razão, há muitas oportunidades no Brasil quando se tem dinheiro.

      Abs

      Excluir
  22. Soulsurfer, deixo aqui o meu parabéns pela qualidade do material do seu blog, assuntos interessantes e ótima qualidade na escrita. Conheci a pouco tempo e vou começar a ler as postagens mais antigas. Debates muito interessantes sobre temas variados nos comentários, vale a pena ler cada palavra escrita aqui.

    Aproveito para perguntar se você tem em mente fazer alguma postagem sobre sugestões de investimentos após essa queda e possível continuidade de quedas na SELIC. Recentemente estava com boa parte do meu capital em renda variável, resolvi dar um tempo e migrar para a renda fixa.

    Abs

    ResponderExcluir
  23. Olá, gosto muito de suas postagens, mas gostaria de lhe fazer umas perguntas sobre leilões, considere que não sou formado em direito, além das questões de mercado, conhecer o valor dos imóveis onde uma casa/apto está sendo leiloado, o que é fundamental conhecer? Direito processual civil? Direito civil? O que vc recomenda como passos iniciais?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  24. E o coitado do Direito que nasceu para dar segurança a população é cada dia mais desrespeitado, espero que um dia tenhamos verdadeiras instituições.

    abs

    ResponderExcluir